O amor não quer que você seja feliz. O amor, de verdade, quer te fazer feliz!



Tenho resistido, meu coração teimoso agarra-se a uma esperança, inventada, aquela que acredita que o que te faz retornar por aqui é porque sentes o mesmo que eu, mas só não dar o braço a torcer.

Triste ilusão. Triste mesmo, por que ainda que digam que o presente deve ser aproveitado, ele mesmo me detém nos braços de quem só é meu abraço quando precisa, que não oferece um chão forte pra firmar o passo, mantém meus pé presos a um único espaço, pois um passo pro lado, ou para frente, te carrega para longe.

Que medo é esse de perder quem nunca foi meu? Esse medo que me conforma a poucas migalhas, que engole a seco o ciúme, que insiste em enxergar só a tua melhor parte.

Que amor é esse que aceita não segurar a mão, não estar junto quando se estar perto, não aflorar tanto sentimento para que nenhum olho curioso perceba? 

Isso não é amor, amor não machuca, amor não quer que seja feliz, amor quer fazer o outro feliz. 

Amor não se esconde. Tudo é bonito aos olhos de quem ama. 

Se você não sente ser amada, não permita ser usada, não usufrua de um pseudo sentimento, se o seu amor não grita aos 4 ventos que te ama, não é amor, cai fora!
Sofra agora, para não sofrer ainda mais depois!

Marcelle Beathriz

Compartilhe:

Postar Comentário

0 comentários:

Postar um comentário