Saudade, me define.


Que saudade daquele sorriso,
causador das melhores sensações dentro de mim.

Saudade da voz que insiste em saber como eu estou ou o que faço.

Saudade da segurança dos braços que me retém,
que não me deixam sair dos trilhos.

Saudade do arrebatador do meu coração,
do motivo mais bonito que essa vida me deu para viver.

Saudade de saber o quanto sou amada,
da forma mais singela e talvez não tão merecedora de tal grande amor.

Saudade da cumplicidade, da saudade de estar perto,
da exigência de te ter.

Saudade do cheiro que me impregna os pensamentos,
dos múltiplos beijos distribuídos aleatoriamente.

Saudade de dizer o quanto amo amar você.
Isso! Eu amo amar você!

E o quanto minha vida seria sem graça, sem vida, sem vontade de ser feliz, se você não estivesse aqui. É assim que eu me sinto, ontem e hoje, faltando a melhor parte de mim.
Você!



Compartilhe:

Postar Comentário

0 comentários:

Postar um comentário