Eu deixo você ir.

Para não virarmos estranhos, eu precisei te ver partir.
Não pra longe de mim, mas pra longe do que éramos quando estávamos juntos.
E mesmo sabendo que essa foi a melhor decisão de proteção que eu poderia tomar, eu sei que sentirei falta do teu cheiro impregnado no meu corpo e daquele teu sorriso maroto.

Dizer adeus para algo que te faz feliz, por espontânea vontade, dilacera o que sempre foi pedaços em mais partes. Parece estranho, não é ? Quebrar o que sempre foi quebrado. Para que algo no fim, permaneça inteiro.

Nossa história me fez em pedaços tantas vezes, que não há mais nada repartível em mim.
Nada que eu possa juntar, que eu consiga colar, e eu precisei te deixar partir.

No fundo todos sabemos quando apostamos em algo que não terá futuro, teimamos em querer provar o doce porque no fundo o amargo dá um sabor especial.

Eu quis entrar na brincadeira, pois o teu jeito era convidativo, a tua alegria iluminava os meus dias tão corridos, a tua companhia afastava a minha solidão. Nós achamos que sabemos a linha do limite, a hora de parar, mas quando percebemos já ultrapassamos essa marca. Eu deixei que rompesse a minha, por tantas vezes.

Não há em mim arrependimento por ter me arriscado, por ter colocado meu coração no fogo, e também por sair queimada no fim. Tudo em mim amou os momentos contigo, e por mais que o tempo passe, os caminhos mudem, nossa história, louca, sem compromisso, estará marcada em nossas vidas.

Eu apenas lamento o desperdício de tamanha sintonia, do desejo louco de se sentir um sendo dois, da parceria, das conversas sem fim, das marcas causadas por minhas mordidas, do esforço para que tudo fosse bom para nós.

Deixo-te ir.
E desejo que ganhes o mundo que buscas, ainda que ele seja passageiro.

Porque eu tenho certeza que ganharei o meu, esse que você não pode me dar, mas que outro alguém o fará!


Compartilhe:

Deixe um comentário

3 comentários:

  1. Como pode existir sentimentos idênticos assim? Como alguém tem o dom de transcrever oque estamos vivenciando? Perfeito.

    ResponderExcluir